F. C. Porto

Conceição: "Prefiro a pressão de estar no primeiro lugar do que estar em segundo"

Conceição: "Prefiro a pressão de estar no primeiro lugar do que estar em segundo"

Sérgio Conceição projeta dificuldades na visita ao terreno do Aves mas mostra confiança numa exibição à F. C. Porto e na 17.ª vitória consecutiva.

Na época anterior, o F. C. Porto não foi além de um empate, 1-1, na casa do Aves, mas Sérgio Conceição acredita que amanhã a história será diferente. "Fizemos lá um mau jogo, mas podíamos ter ganho, pois há um penálti claríssimo sobre o Danilo perto do final do jogo. Tenho de falar disso. Penso que este ano ainda vai ser mais difícil, pois vejo a equipa do José Mota muito competitiva. Tem jogadores extremamente rápidos e tornam-se perigosos", salientou o treinador do F. C. Porto, na antevisão à partida da 15.ª jornada da Liga.

O F. C. Porto segue na liderança, com quatro pontos de vantagem sobre o Benfica, mas Sérgio Conceição não embandeira em arco: "Prefiro a pressão de estar no primeiro lugar do que estar em segundo e ir atrás do prejuízo, mas estes três pontos são extremamente importantes. Não sou muito de festas, gosto do Natal por causa dos miúdos, há o final do ano, que temos de passar e é bom porque é sinal que estamos vivos, mas desviam-se algumas atenções, o foco, este jogo também é importante por causa disso. Temos de continuar no trilho das vitórias".

O treinador comentou ainda a substituição de Bruno Costa, ainda antes do intervalo, no último jogo da Taça da Liga com o Belenenses, que motivou alguma polémica, uma vez que os regulamentos exigem que, pelo menos, dois jogadores formados localmente joguem 45 minutos, salvo em casos de força maior. O médio, segundo o boletim clínico dos dragões, apresenta uma lesão muscular. "Nós sabíamos o que estávamos a fazer, era imprudente não saber os regulamentos. O Bruno estava bem, mas a intensidade do jogo é diferente e acabou por estar menos bem fisicamente. Não foi só por isso mas também por essa questão que saiu".

Outras Notícias