F. C. Porto

Conceição: "Se o que é pedido não é feito, não estou aqui a fazer nada. Este desastre é vergonhoso"

Conceição: "Se o que é pedido não é feito, não estou aqui a fazer nada. Este desastre é vergonhoso"

O treinador do F. C. Porto, Sérgio Conceição, considerou, esta terça-feira, que o jogo do F. C. Porto com o Liverpool foi "vergonhoso" e assumiu a responsabilidade pela derrota no Estádio do Dragão.

"Foi demasiado mau. Foi vergonhoso o que aconteceu hoje. A equipa joga na Liga dos Campeões contra uma equipa cheia de qualidade, que pressiona de forma muito forte e que sai com muito perigo para o ataque. Cometemos nove faltas, o que não é normal. Se tivéssemos 80 por cento de posse de bola, aceitava. Tivemos 40 por cento de posse de bola contra um adversário que faz dos duelos um momento importante do jogo. Houve muita coisa má. Sou o principal responsável e assumo esta derrota. Tenho de falar com o presidente porque a mensagem certamente não passa. O mais importante é o F. C. Porto, não é o Sérgio ou o Manuel. A partir do momento em que acho que essa mensagem e em que o que é pedido não é feito, nem sequer se tenta fazer, não estou aqui a fazer absolutamente nada", começou por dizer Sérgio Conceição em conferência de imprensa, vincando que o primeiro golo do Liverpool nasceu de erros que não são cometidos "nem nos treinos".

"Houve muita coisa má. Podemos arranjar aqui algumas atenuantes ou desculpas, mas não quero ir por aí. O Pepe lesionou-se nos últimos segundos do aquecimento. Estivemos até ontem à noite a perceber como estava. Percebi que podia ir a jogo e tracei uma estratégia. Se soubesse que ele não estava em condições. tinha dito na antevisão e entraríamos de outra forma no jogo. O Fábio entrou, num jogo destes e sem minutos, e fez o melhor. Estou satisfeito com o que ele fez, não lhe podia pedir mais. O Otávio magoou-se e isso foi crucial. No primeiro remate do Liverpool à baliza, sofremos golo. Um golo consentido. Não digo um golo de treino, porque nem no treino cometemos aqueles erros", acrescentou.

Antes, à TVI24, o técnico dos azuis e brancos considerou que a equipa de juniores "tinha feito melhor": "Mesmo com uma equipa de juniores, que hoje tiveram um jogo onde empataram com o Liverpool, com certeza que fariam um pouco melhor do que fizemos hoje. Mas fui eu que não passei a mensagem e errei na equipa inicial, de certeza. Tenho de perceber com o presidente se os jogadores ouvem ou não o treinador, desta forma vai ser difícil continuar e falo das competições internas. A diferença de valores sabemos que existe, igualamos quando há boa organização e a intensidade que a prova merece. Sem isso fica muito dificil de ser competitivo. Com certeza não passei a mensagem da melhor forma e aconteceu este desastre vergonhoso", atirou.

O F. C. Porto perdeu (1-5), esta terça-feira, no Estádio do Dragão, no Liverpool no jogo a contar para a segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Salah e Firmino, com um bis, e Sadio Mané marcaram pelos "reds". Taremi fez o golo dos azuis e brancos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG