F. C. Porto

Conceição sobre Gil Vicente: "Espero um adversário difícil"

Conceição sobre Gil Vicente: "Espero um adversário difícil"

O treinador do F. C. Porto Sérgio Conceição definiu o Gil Vicente, equipa que defronta sábado, pelas 19 horas, no arranque da edição 2019/20 da Liga, como "um adversário difícil", pese a pouca experiência dos jogadores em campeonatos profissionais.

"Vamos iniciar o nosso campeonato em Barcelos. Esta equipa, que teve muitas presenças na Liga e que esteve afastada uns anos, voltou, agora, com vontade de se afirmar e quer cimentar a sua posição", começou por dizer o técnico portista na antevisão da partida, avançando: "Para isso, foi buscar um treinador com bastante experiência [Vítor Oliveira]. A equipa do Gil Vicente tem muitos jogadores sem conhecimento da nossa Liga, mas com um treinador que compensa com a sua maturidade e vivências nestes anos de futebol. Espero um adversário difícil".

Apesar da curiosidade envolvendo o mais recente reforço, o colombiano Matheus Uribe, Sérgio Conceição considera ainda ser cedo para ser opção. "Estivemos na Rússia e não trabalhou com a equipa. Fez apenas um treino. Não quer dizer que não esteja connosco, para ver o que é o estágio, mas a ser utilizado... vamos ver", referiu o treinador azul e branco, defendendo que o caso de Marchesín é "diferente". "É muito mais fácil dar a titularidade a um guarda-redes do que a um jogador de campo, por causa das rotinas e conhecimento", justificou.

Sobre as aspirações portistas para a temporada, Conceição é claro. "Vou dizer o que todos dizem a partir do momento em que estão num clube que luta por títulos. Espero ganhar títulos", frisou o treinador, pedindo união entre a equipa e os apoiantes: "O mais importante, e independentemente do que é um erro ou outro de um jogador, treinador ou dirigente, espero que haja sempre grande sintonia com o público e com os adeptos. Aproveito para agradecer apoio em Barcelos".

Os elogios que lhe foram feitos pelo treinador do Benfica, Bruno Lage, não mereceram comentários de Sérgio Conceição, por não ter ouvido as declarações. "Quando é que o Bruno Lage falou? Estava no treino, ainda não tive oportunidade de ler. O que é que ele disse? Desconfio dos elogios até de pessoas do F. C. Porto. Ainda não li, portanto não posso comentar. Cada um tem a sua forma de trabalhar. Os treinadores têm qualidade, caso contrário não estavam a disputar a primeira divisão. Fico-me por aqui porque ainda não li", justificou.

O jogo na Rússia, de apuramento para a Liga dos Campeões, também foi abordado pelos jornalistas, em especial a exibição de Romário Baró, mas o técnico portista preferiu generalizar. "Gostei da exibição da equipa. Podemos e devemos melhorar em várias coisas, falei com alguns jogadores no final do jogo, mas não gosto de individualizar".

Quanto à inscrição de Iker Casillas na Liga como jogador, Sérgio Conceição afirmou que "é um campeão e os campeões nunca desistem". "Está inscrito pela grande vontade que tem para ser jogador, mas há a outra opinião, que é importantíssima: temos de ver a idade do Iker e saber o que acha o departamento médico. A vontade que possa ter, só mostra o caráter de grande campeão que tem", completou.