Guimarães

Carga policial leva adeptos vimaranenses a fugir para o relvado

Carga policial leva adeptos vimaranenses a fugir para o relvado

Uma carga policial, que começou ainda no exterior do Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, levou, neste domingo, os adeptos vimaranenses a precipitarem-se para o relvado, durante o V. Guimarães-Benfica, da 11.ª jornada da Liga.

Ao que o JN apurou, tudo começou na parte de fora do estádio, junto à zona de entrada da bancada sul do recinto, quando perto de uma centena adeptos do V. Guimarães procuraram derrubar uma rede de proteção junto à zona reservada à Imprensa.

Era a reação dos vitorianos à passagem de uma grande falange de apoio do Benfica que foi escoltada pela zona mais frequentada do exterior do estádio e que lançou tochas contra os adeptos de Guimarães.

A reação dos da casa motivou uma forte carga policial. Para escapar, parte da falange de apoio vimaranense precipitou-se para bancada, onde ficam as claques afetas ao V. Guimarães.

Com a carga policial a prosseguir já no interior do recinto, muitos adeptos viram-se obrigados a procurar "refúgio" no relvado.

A confusão aconteceu ainda antes dos 10 minutos de jogo e levou Artur Soares Dias, árbitro do encontro, a interromper o desafio durante vários minutos.

Entretanto, no exterior, os confrontos com a polícia prosseguiram, com os adeptos vimaranenses a lançarem pedregulhos na direção das forças policiais, que carregavam também nos adeptos.

Outras Notícias