SCP

Construção do novo pavilhão do Sporting arranca no primeiro semestre de 2012

Construção do novo pavilhão do Sporting arranca no primeiro semestre de 2012

O novo pavilhão do Sporting começará a ser construído no primeiro semestre de 2012 e o seu custo previsto ronda os 13 milhões de euros, disse hoje à agência Lusa Mário Patrício, director geral das modalidades do clube.

"O Plano de Pormenor Alvalade XXI (PPA) deve ser aprovado em Assembleia Municipal da Câmara entre Outubro e Novembro, pelo que prevejo que o pavilhão, numa estimativa optimista, comece a ser construído no primeiro semestre de 2012", disse Mário Patrício após a reunião pública de esclarecimento promovida ao fim da tarde pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) no auditório de Alvalade sobre esta temática.

O dirigente 'leonino' lembrou que o PPA "era para estar aprovado em Dezembro de 2010" e que o início da construção do pavilhão depende também do "lançamento do concurso para a empreitada e da resposta da empresa de construção", à qual será adjudicada a obra, razão pela qual considerou uma "utopia afirmar que o pavilhão vai estar construído dentro de dois ou três anos".

O próprio Mário Patrício admite, agora, que a ideia de finalizar esta obra durante o mandato dos actuais órgãos sociais "não é um dado adquirido", por condicionalismos que ultrapassam o próprio Sporting, embora seja "esse o objectivo".

Quanto ao custo da obra, o dirigente 'leonino' avançou com uma verba que tem sido apontada em torno dos 13 milhões de euros, mas advertiu que esta estimativa "não é rigorosa", tendo em conta que se está a um do início da empreitada.

"Há um ano ninguém imaginava que o Fundo Monetário Internacional (FMI) entraria em Portugal. É preferível fazer as coisas bem feitas, investir mais tempo no projecto para evitar derrapagens e assegurar um controlo mais rigoroso", observou Mário Patrício, que não quis levantar a ponta do véu acerca das fontes de financiamento a que o Sporting vai recorrer para construir o pavilhão, as quais "estão a cargo do Conselho Directivo e da área comercial".

Lembrou que a fase de discussão do PPA "termina a 2 de Junho", à qual se seguirá um período para eventuais questões até aquele "ser enviado para a Assembleia Municipal em Julho", devendo esta pronunciar-se sobre o mesmo em Setembro, pelo que a sua aprovação deverá ocorrer "entre Outubro e Novembro de 2011".

PUB

Por parte da CML marcou presença o arquitecto Duarte Capelo, que deu a conhecer detalhes do PPA, nomeadamente a localização do pavilhão, que será rodeado de um espaço ajardinado e não terá parque de estacionamento, e o seu enquadramento na área envolvente, que disporá de uma alameda, um corredor ecológico, passeios arborizados, vários tipos de vegetação à superfície, graça a uma área de drenagem subterrânea, entre outras mais-valias paisagísticas.

Duarte Capelo esclareceu que o pavilhão não terá qualquer parque de estacionamento adstrito, por entender que não faria sentido "gastar dinheiro nessa infraestrutura", tendo em conta a oferta envolvente, "várias vezes superior ao necessário", nomeadamente dos lugares de estacionamento do próprio estádio Alvalade XXI, e a que será posta à disposição "no âmbito do loteamento e do projecto do interface".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG