O Jogo ao Vivo

Tóquio

Coronavírus pode adiar ou cancelar Jogos Olímpicos

Coronavírus pode adiar ou cancelar Jogos Olímpicos

O coronavírus preocupa o Comité Olímpico Internacional e os próximos três meses serão decisivos para se tomar uma decisão sobre a possibilidade dos Jogos Olímpicos serem adiados ou mesmo cancelados.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio têm arranque previsto para o final de julho, mas o surto de coronavírus pode levar ao adiamento ou mesmo ao cancelamento do evento. Em entrevista à agência "Associated Press", Dick Pound, o mais antigo membro do Comité Olímpico Internacional, admitiu que todas as possibilidades estão em cima da mesa e que os próximos três meses serão decisivos.

"Esta é uma nova guerra e temos de enfrentá-la. Penso que por volta dessa altura [finais de maio] toda a gente se vai começar a perguntar: 'Está tudo tudo sob controlado e podemos estar confiantes em ir para Tóquio ou não está", disse, deixando um apelo aos atletas e mostrando-se confiante que, até julho, a situação já esteja controlada.

PUB

"Até onde sei, estaremos em Tóquio. Tudo indica que nessa altura a situação esteja normalizada. Peço aos atletas que continuem focados, tenham a certeza que o COI não vos vai mandar para o meio de uma situação de pandemia", garantiu.

O surto do covid-19, que começou na China no final do ano, já matou pelo menos 2700 pessoas e infetou mais de 80 mil, de acordo as autoridades de saúde de cerca de 30 países afetados.

Além de 2663 mortos na China continental, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Hong Kong, Filipinas, França e Taiwan.

Em Portugal, já houve 15 casos suspeitos, que resultaram negativos após análises, estando um novo caso a ser avaliado.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e alertou, na segunda-feira, para uma eventual pandemia, considerando muito preocupante o aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG