Fórmula 1

Covid-19 tira McLaren do GP da Austrália

Covid-19 tira McLaren do GP da Austrália

A McLaren anunciou, esta quinta-feira, em Melbourne, que não competirá no Grande Prémio da Austrália, em Fórmula 1, após membros da equipa terem acusado positivo num teste ao novo coronavírus.

"A equipa preparou-se para esta eventualidade e tem em marcha o apoio aos empregados que entrarão agora no período de quarentena. A equipa está a cooperar com as autoridades locais para os ajudar nas investigações e análises", pode ler-se no comunicado partilhado pela McLaren nas redes sociais.

A missiva informa, ainda, que o dono da escuderia, Zak Brown, e o diretor, Andreas Seidl, já avisaram a Federação Internacional de Automobilismo e a Fórmula 1 da decisão. "A decisão foi tomada com base no dever de assistir não só os empregados e parceiros da McLaren, mas também das outras equipas, fãs da Fórmula 1 e acionistas da F1", termina o comunicado.

O espanhol Carlos Sainz Jr e o o britânico Lando Norris são os pilotos da equipa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG