Exclusivo

Craques em fim de contrato deixam grandes em alerta

Craques em fim de contrato deixam grandes em alerta

Oficialmente, a época 2022/23 começa hoje e os três grandes têm motivos mais do que suficientes para começar a olhar para o final da temporada com emoção e racionalidade, tendo em conta que existem 24 jogadores - nove no F. C. Porto, oito no Sporting e sete no Benfica - em final de contrato.

Significa que logo em janeiro são livres de assinar por qualquer clube, podendo sair a custo zero no final de junho de 2023. Até dezembro, só resta uma solução para aos três grandes: apresentar-lhes uma proposta de renovação contratual, o que implica melhorar as condições salariais e oferta de um prémio de assinatura. Esgotada esta possibilidade, a transferência até agosto deste ano ou em janeiro é a única hipótese de os clubes rentabilizarem os ativos.

Numa perspetiva financeira e até desportiva, há casos preocupantes como ilustram os exemplos de Grimaldo (Benfica), Uribe (F. C. Porto) e Coates (Sporting), todos eles titulares indiscutíveis. Depois, há ainda Francisco Conceição (F. C. Porto), formado nos dragões e muito cobiçado na Europa. Somando o valor dos passes dos 24 jogadores, chega-se a 91,75 milhões de euros - Grimaldo (20 milhões) e Uribe (16 milhões) são os mais valiosos. Deste lote, caso mais complexo é o de Grimaldo. Depois de rejeitar propostas do Benfica, está no mercado mas não tem interessados. Nas águias há outros elementos que terminam contrato em 2023: Otamendi, Vertonghen, Taarabt, Pizzi e André Almeida. Os dois últimos serão cedidos, os restantes vão integrar o plantel.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG