Liga das Nações

Croácia "vinga-se" e afasta França da Final Four

Croácia "vinga-se" e afasta França da Final Four

A Croácia foi, esta segunda-feira, vencer a França por 1-0 em Saint-Denis, em nova desforra da final do Mundial2018, e os campeões mundiais continuam sem ganhar no grupo A1 da Liga das Nações.

Um tento de penálti de Luka Modric, logo aos cinco minutos, penalizou uma falta de Konaté e sentenciou o encontro em casa dos detentores do último troféu da Liga das Nações, um adversário que os croatas nunca tinham vencido e que esta segunda-feira ficou arredado de seguir em frente na prova.

A Croácia já tinha imposto uma igualdade a uma bola no primeiro jogo da poule e conseguiu finalmente bater os gauleses, uma forma de vingança pela final perdida do Mundial2018 (4-2).

PUB

Mbappé, Benzema, Griezmann e companhia, que marcavam sempre há 23 jogos seguidos, não conseguiram traduzir mais de uma dezena de remates, menos de metade enquadrados, em outro resultado, perante o acerto defensivo croata.

Os campeões do mundo estão em último na poule A1, com dois pontos, enquanto a Croácia subiu ao segundo lugar, com sete, somando a segunda vitória seguida à quarta jornada.

Em primeiro, e em posição de avançar para a Final Four, está a Dinamarca, com nove pontos em 12 possíveis, após hoje vencer a Áustria, terceira com quatro, por 2-0.

Jonas Wind foi a figura dos dinamarqueses, ao fazer o primeiro golo aos 21 e assistir o segundo, por Skov Olsen, aos 37.

No grupo B2, que contaria com a Rússia, afastada, Islândia e Israel empataram a duas bolas, com os israelitas a conservarem a liderança da poule, com cinco pontos, face a três dos islandeses e um da Albânia.

No grupo 3 do terceiro escalão, o Cazaquistão aproximou-se da promoção à Liga B ao bater a Eslováquia por 2-1 em Nur-Sultan, chegando aos 10 pontos, contra seis dos eslovacos, quando faltam duas jornadas.

No outro jogo da poule, o Azerbaijão somou a primeira vitória na prova ao bater por 2-0 a Bielorrússia, última com dois pontos, face aos quatro dos azeris, e em risco de descida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG