Santa Clara

Daniel Ramos assume favoritismo mas não quer facilitismos

Daniel Ramos assume favoritismo mas não quer facilitismos

Com uma vantagem de 3-0, Daniel Ramos, treinador do Santa Clara, não teve problemas, esta quarta-feira, em assumir o favoritismo frente ao Shkupi, mas salientou que a equipa não pode facilitar na segunda mão da segunda pré-eliminatória da Liga Conferência Europa.

"Estamos a levar o jogo a sério. Foi algo de muito importante que referi após o jogo. Foi dizer ao grupo de trabalho que ninguém pode facilitar. Facilitismo zero. É mesmo assim: zero. É como se estivesse 0-0 e nós queremos ganhar o jogo e passar a eliminatória", afirmou.

O treinador falou em conferência de imprensa realizada no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, na antevisão da eliminatória europeia frente ao Shkupi, da Macedónia do Norte, marcada para quinta-feira. No jogo da primeira mão, a equipa portuguesa venceu o Shkupi por 3-0, na Macedónia do Norte.

Daniel Ramos assumiu que, no primeiro jogo entre as duas equipas, o Santa Clara demonstrou ser superior ao adversário. "Se nós formos novamente Santa Clara, somos favoritos. Demonstrámos no primeiro jogo que fomos superiores, tivemos o controlo do jogo, fizemos uma boa partida, tivemos possibilidades de conseguir um bom resultado e isso dá-nos a confiança de poder repetir", afirmou.

Contudo, realçou o treinador, apesar da vantagem, a passagem à próxima fase da competição ainda não está garantida.

"O futebol dá-nos muitas lições e uma delas é que ninguém ganha antes de jogar, muito menos numa competição europeia, em que também o adversário tem valor. Percebemos que a equipa do Shkupi tem valor, nós é que fomos muito competentes nesse jogo [da primeira mão]", apontou.

Questionado sobre se vão existir alterações no onze inicial, até porque o Santa Clara joga no domingo para a Taça da Liga diante do Farense, Daniel Ramos avançou que "vão existir algumas mudanças", fruto de "algumas mazelas".

PUB

Entre essas mudanças, o técnico revelou que o jogador Allano vai estar "fora de combate".

Daniel Ramos enalteceu ainda a presença de público nas bancadas, uma vez que na época anterior os adeptos estiveram "arredados" dos campos de futebol devido à pandemia da covid-19. "É um desejo grande termos a nossa massa associativa novamente. Foram só duas vezes a época passada em casa e é novamente o arrancar com uma amostra que esperemos que aumente no futuro, mas certamente que quem estará presente amanhã (quinta-feira) vai estar de corpo e alma", apontou.

O jogo Santa Clara-Shkupi, da segunda mão da segunda pré-eliminatória da Liga Conferência Europa, marcado para quinta-feira, pelas 21 horas, nos Açores, poderá ter uma assistência de até mil pessoas na bancada, revelou a equipa açoriana na segunda-feira.

O vencedor desta eliminatória vai defrontar na ronda seguinte os eslovenos do Olimpija Ljubljana ou os malteses do Birkirkara.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG