Futebol

Daniel Ramos: "Perder assim não é desprestígio nenhum"

Daniel Ramos: "Perder assim não é desprestígio nenhum"

O treinador dos axadrezados elogiou a exibição dos atletas, salientando que mostraram "grande caráter".

"Muito boa entrada por parte do Boavista, tivemos controlo até ao golo do Benfica. Perder assim não é desprestígio nenhum. Não fugimos à nossa identidade, tentámos fazer o nosso jogo. Ao intervalo fiz o desafio à minha equipa para vencer a segunda parte. Se tivéssemos feito o 2-3 teríamos relançado o jogo. Mas jogámos cara a cara, mostrámos grande caráter. O Benfica estava muito intranquilo, estávamos a pressionar alto, mas aquele golo foi um revés. Foi o momento-chave do jogo. Se queremos que o Boavista evolua também temos de arriscar assim", afirmou.

O Benfica venceu (3-1), este sábado, o Boavista, no Estádio da Luz, na 30.ª jornada da Liga, na estreia de Nélson Veríssimo no comando técnico da equipa encarnada.

André Almeida aproveitou um erro de Helton Leite e inaugurou o marcador. Pizzi, após assistência de Gabriel - um dos homens do jogo - ampliou de cabeça a vantagem dos encarnados. O médio brasileiro acabou por faturar pouco depois, com um belo golo, perto do intervalo.

Na segunda metade, Dulanto, que viu um tento ser-lhe anulado por posição irregular, reduziu para os axadrezados com um grande golo, após um livre.

Com este resultado, o Benfica fica a três pontos do F. C. Porto, que este domingo defronta o Belenenses SAD no Estádio do Dragão. Há cinco meses que o Benfica não vencia na Luz.