FCP

Danilo confirma Santos na final do Mundial de Clubes

Danilo confirma Santos na final do Mundial de Clubes

Esta quarta-feira, o futuro reforço do F.C.Porto Danilo assinou o terceiro golo do Santos, ante o Kashiwa Reysol, carimbando o passaporte do actual clube para a final do Mundial de Clubes, no Japão.

No penúltimo jogo com a camisola do Santos, o defesa brasileiro Danilo Luiz assinou o golo da tranquilidade, numa altura o jogo parecia complicar para os brasileiros que ganhavam pela margem mínima (2-1).

Este foi o décimo golo do jogador com a camisola santista, mas o primeiro de bola parada. Num livre directo e frontal à baliza, Danilo não perdoou e confirmou a vitória contra o Kashiwa Reysol por 3-1.

O Santos apurou-se assim para a final do Mundial de Clubes de Futebol e Danilo recuperou a fama conquistada na Taça Libertadores: a de jogador decisivo.

No total, o craque marcou quatro golos apenas na campanha rumo ao título intercontinental. O primeiro foi contra o Colo-Colo, seguindo-se um golaço de fora da área e com o pé esquerdo ante o Cerro Porteño, ainda na fase de grupos.

Danilo voltou a marcar com o Deportivo Táchira e foi determinante na finalíssima contra o Peñarol. Ele desempatou e o Santos foi campeão ao vencer por 2-1.

Médio-defensivo durante a prestação na Taça Libertadores, Danilo recuperou a posição de lateral-direito e, contra o os japoneses do Kashiwa, foi dos melhores em campo, constituindo muito perigo no ataque brasileiro.

O primeiro golo do Santos, quarta-feira, foi apontado pela estrela da equipa, Neymar, aos 19 minutos. Aos 24, Borges ampliou para 2-0.

Após o intervalo, a equipa nipónica reagiu reduziu aos 54 minutos, por intermédio de Sakai, mas os sul-americanos responderam com o terceiro golo de Danilo, jogador já contratado pelo F.C. Porto.

Na final, domingo, o Santos vai defrontar, em Yokohama, o vencedor do encontro desta quinta-feira entre os espanhóis do FC Barcelona, campeões europeus em título e detentores do título mundial, e o Al-Sadd, do Qatar.

Esse será o último jogo de Daniel pelo Santos, pois já tem viagem marcada para a Invicta, devendo estrear-se em Janeiro com a camisola azul e branca.

Outros Artigos Recomendados