Futebol

Darwin e Uribe brilham no apuramento para o Mundial

Darwin e Uribe brilham no apuramento para o Mundial

O avançado do Benfica esteve na origem do golo do triunfo (1-0) perante o Peru, que valeu o apuramento do Uruguai para o Mundial2022. Apesar do 3-0 à Bolívia, a vida do Colômbia não está nada fácil.

Aos 42 minutos, o avançado benfiquista, melhor marcador da Liga (20 golos), cruzou da esquerda, Giménez rematou à barra e, na recarga, De Arrascaeta fez o tento da vitória do conjunto "celeste".

Em Montevideu, o jogo acabou com polémica, já que, nos descontos, o guarda-redes uruguaio Sergio Rochet terá entrado com bola para dentro da baliza. O árbitro e o VAR nada detetaram e a equipa de Diego Alonso pôde festejar.

Na equipa da casa, Darwin foi titular, sendo substituído aos 67 minutos por Cavani, enquanto os leões Coates e Ugarte foram suplentes não utilizados.

Com a vitória face aos peruanos, o Uruguai, carrasco de Portugal nos oitavos de final da edição de 2018, assegurou a 14.ª presença no Mundial, prova que venceu em 1930 e 1950.

A 17.ª e penúltima ronda da zona sul-americana selou também a qualificação do Equador, que está no Catar mesmo depois de perder por 3-1 no Paraguai.

Robert Morales, aos nove minutos, Piero Hincapie, aos 45+6, na própria baliza, e Miguel Almirón, aos 54, faturaram para os paraguaios, enquanto Jordy Caicedo marcou de penálti, aos 85, o tento de honra dos equatorianos.

PUB

O Brasil somou o 13.º triunfo em 16 jogos, ao golear o Chile por 4-0, com golos de Neymar, aos 44 minutos, de penálti, Vinícius Júnior, aos 45+1, Philippe Coutinho, aos 72, também de grande penalidade, e Richarlison, aos 90+1.

Apesar do desaire, o Chile ainda vai para a 18.ª e última jornada com possibilidades de chegar ao quinto lugar, de acesso a um play-off intercontinental com o quinto classificado da zona asiática (Austrália, Emirados Árabes Unidos, Iraque ou Líbano).

A vantagem é, porém, do Peru, que tem 21 pontos e recebe na última ronda o Paraguai, sendo que a Colômbia (20) também está mais bem posicionada do que os chilenos (19).

Na quinta-feira, os colombianos mantiveram-se na corrida ao derrotarem a Bolívia por 3-0. O ex-portista Luis Díaz esteve em destaque, ao marcar o primeiro golo, aos 39 minutos, e ao fazer a assistência para o segundo, apontado por Miguel Borja, aos 72. Aos 90 minutos, o médio portista Uribe fechou a contagem, depois de um livre do ex-portista Quintero e um primeiro remate à barra.

A ronda 17 fecha esta sexta-feira, com a receção da Argentina à Venezuela, num embate marcado para Buenos Aires.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG