Futebol

Das danças aos sinais: os melhores festejos do Mundial 2022

Das danças aos sinais: os melhores festejos do Mundial 2022

O Mundial 2022 já trouxe muitos momentos emocionantes, surpresas, grandes golos e com eles vêm celebrações icónicas. Veja aqui algumas das melhores.

Rafael Leão marcou o sexto e último golo da vitória de Portugal diante da Suíça e celebrou com uma dança chamada de "griddy".

PUB

Richarlison marcou um dos golos da vitória do Brasil diante da Coreia do Sul e fez a característica celebração com a "dança do pombo" à qual o selecionador Tite se juntou.

A NFL (liga de futebol americano) inspira muitas celebrações dos futebolistas e Antoine Griezmann ​​​​​​​foi um deles, ao imitar um pinguim.

Enner Valencia foi um dos destaques da passagem do Equador no Mundial e marcou os últimos seis golos da seleção sul-americana em Campeonatos do Mundo. Celebrou ao fingir que escrevia, como se estivesse a escrever o seu nome nos livros de história.

O médio da Inglaterra Jack Grealish cumpriu a promessa feita a um jovem adepto do Manchester City, que sofre de paralisia cerebral, e festejou como lhe pediu.

Achraf Hakimi marcou o penálti que eliminou a Espanha do Mundial 2022, com uma "panenka" e celebrou a imitar um pinguim.

No encontro contra a Coreia do Sul, o ganês Mohamed Kudus marcou e celebrou com os colegas com a cara encostada a uma câmara de televisão.

Kylian Mbappé tem sido um dos destaques deste Mundial ao serviço da França e celebrou com um gesto com a mão, que ainda não revelou o significado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG