O Jogo ao Vivo

Desporto

Debate aceso cheio de confrontos e de promessas

Debate aceso cheio de confrontos e de promessas

Candidatos Nuno Sousa e Ricardo Oliveira questionaram a gestão financeira de Frederico Varandas no Sporting.

O Museu do Sporting foi palco de um debate quente entre os três candidatos às eleições do clube do próximo dia 5 de março: Frederico Varandas, Lista A, que se recandidata, Ricardo Oliveira, Lista B, e Nuno Sousa, Lista C, onde, inicialmente, os dois estreantes em eleições criticaram a gestão do atual presidente.

Depois de uma breve apresentação das candidaturas, o mandato que termina de Varandas foi a análise, com o atual presidente a afirmar que "o Sporting está muito melhor", mas que pode "continuar a crescer", e que tem como objetivo "acabar com a diferença estrutural para os rivais". Nuno Sousa respondeu e apontou o dedo à "péssima relação com os sócios" por parte de Frederico Varandas, garantindo que "muitas propostas de 2018 não foram cumpridas" e criticando ainda a "clara falta de transparência na gestão e falta de liderança e competências". Por sua vez, Ricardo Oliveira criticou os primeiros dois anos de mandato que, disse, "financeiramente foram um desastre", mostrando especial preocupação com a "canibalização de receitas adiantadas", afirmando que "não conhece soluções apresentadas por Varandas". Nuno Sousa e Frederico Varandas trocaram "galhardetes" mais intensamente, com Ricardo Oliveira a apresentar uma postura mais cordial.

Promessas eleitorais

Os valores mobiliários obrigatoriamente convertíveis (VMOCS) foram tópico quente do debate, com Frederico Varandas a assumir uma promessa eleitoral. "Estamos a concluir o processo de recompra das VMOCs. Posso garantir aos sócios que vamos recomprar as VMOCs", disse. Ricardo Oliveira e Nuno Sousa abordaram investidores para ajudar o Sporting neste processo. "Vou apresentar investidores antes da eleições", assumiu Ricardo Oliveira, acrescentando que tem "um plano para trazer 150 a 200 milhões, porque essas pessoas confiam em mim. Na gestão desportiva, Nuno Santos revelou que terá Augusto Inácio como seu assessor para o futebol. "Ajudará o presidente e a administração da SAD a fazer a condução da política desportiva. Será conselheiro", explicou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG