Premium

Defesa central é prioridade na agenda de Sérgio Conceição

Defesa central é prioridade na agenda de Sérgio Conceição

Rúben Semedo é o namoro antigo. Diogo Leite está na linha da frente para ser transferido e Diogo Queirós tem pouco espaço.

O plano está traçado e segue firme, embora sempre dependente da evolução do mercado. Enquanto não chegam os reforços de eleição, Sérgio Conceição e a estrutura arrumam a casa e têm as ideias definidas no que diz respeito à composição do eixo defensivo. Neste momento, há Pepe, Mbemba, Marcano, Diogo Leite e Diogo Queirós, mas o técnico quer mais um elemento para a função e o alvo está identificado há algum tempo: Rúben Semedo.

A equação não é difícil de desmontar. Pepe e Mbemba, que acabaram a época como a dupla titular, dão todas as garantias, apesar da veterania do central luso-brasileiro, que encaixa bem no cliché do "vinho do Porto, quanto mais velho melhor". O congolês, além da competência defensiva, acabou a época como herói, com um improvável e fantástico bis na vitória (2-1) sobre o Benfica na final da Taça. Há Marcano, mas o espanhol só mais para o final do ano é que deverá estar apto para regressar aos relvados, depois de ter sido operado ao ligamento cruzado anterior, em maio.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG