Tottenham

Dele Alli deu resposta imediata a José Mourinho

Dele Alli deu resposta imediata a José Mourinho

O médio ofensivo inglês foi um dos destaques da vitória do Tottenham, a primeira com José Mourinho no comando técnico. Dele Alli não vivia um momento particularmente feliz, mas o treinador português conseguiu dele uma resposta positiva, este sábado, na estreia do "Special One" ao comando dos spurs.

Ao vencer o West Ham, no dérbi londrino, o Tottenham, agora treinado por José Mourinho, quebrou uma série de cinco jornadas consecutivas sem triunfar na Premier League e venceu fora de casa pela primeira vez na presente temporada. Dele Alli não marcou, mas fez uma exibição de encher o olho, contribuindo diretamente para o triunfo, com a assistência que valeu o golo inaugural de Son.

No final da partida, em conferência de Imprensa, José Mourinho aceitou individualizar numa resposta para moralizar Dele Alli. "Estou feliz com ele, passei alguns minutos com ele nos treinos e fora de campo e dissemos que o melhor Dele Alli tem de voltar. Ele é demasiado bom para não ser um dos melhores do mundo e não jogar com a seleção inglesa", referiu José Mourinho, já depois de ter feito algumas considerações sobre o jogo.

"O mais importante não era ganhar por três ou quatro golos de diferença, mas sim ganhar. Os três pontos eram fundamentais. Foi muito importante superar essa barreira mental. Não há nada melhor do que ganhar um jogo e ficar feliz. Era isso que queria", resumiu o técnico, já depois de reconhecer que a ponta final de partida menos conseguida do Tottenham deveu-se à fadiga acumulada pelos jogadores nas diversas seleções e pela mudança no comando técnico a meio da semana.

Em perfeita sintonia com Mourinho, Dele Alli reconheceu: "Tem sido uma semana muito difícil para nós emocionalmente. Passámos muito tempo com Pochettino e ficámos muito tristes, mas tínhamos um trabalho a fazer".

Outras Notícias