Exclusivo

Desafiar a lógica para sentir a Senhora da Graça

Desafiar a lógica para sentir a Senhora da Graça

Ciclistas amadores trocam uma tranquila tarde de domingo para se colocarem à prova na emblemática subida da Volta

Desafiam a tradição de passar um domingo de descanso em casa, para pegar nas bicicletas e enfrentar, apenas por diversão, a mítica subida até ao Santuário da Senhora da Graça.

Esse sentimento une centenas de ciclistas amadores, que neste dia da emblemática etapa da Volta a Portugal, enchem de colorido as estradas por onde passa o pelotão, num clima de festa mas também de superação. "Não há explicação lógica para isto, há malucos para tudo [risos]", confessou, ao JN, Paulina Teixeira, junto ao pórtico da meta, onde pouco depois iriam passar os protagonistas do dia. "Só fazendo esta subida percebemos o esforço e a velocidade dos ciclistas. O ritmo a que eles sobem é o mesmo a que eu desço", analisou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG