Campeonato Distrital

Diferendo entre associação de futebol e clubes "anula" quatro jogos em Beja

Diferendo entre associação de futebol e clubes "anula" quatro jogos em Beja

Só dois dos seis jogos da 1ª jornada do Campeonato Distrital da 1ª Divisão da Associação de Futebol de Beja (AFBeja) agendados para este domingo vão disputar-se. Três clubes que jogavam nos seus estádios, Guadiana de Mértola, Odemirense e Aldenovense, vão ser derrotados por falta de comparência nas partidas marcadas.

Em causa está um diferendo que envolve seis dos 13 clubes - aos já referidos juntam-se o Despertar de Beja, o Praia de Milfontes e o Sporting de Cuba - que disputam a prova e a direção da AFBeja, em que os primeiros defendem "o adiamento do início da prova" face à pandemia de covid-19, situação que entidade associativa contraria.

O Despertar de Beja decidiu "ir a jogo" e receber o Vasco da Gama da Vidigueira; Cuba e Milfontes que se defrontavam, chegaram a acordo e adiaram o jogo. O mesmo não aconteceu com o Odemirense e o Aldenovense, cujos adversários se mostraram irredutíveis e entenderam não adiar a partida. Já o Guadiana de Mértola não tinha jogadores inscritos na esperança da prova ser adiada. A única partida que nunca teve em risco é o dérbi da Margem Esquerda do Guadiana que coloca frente a frente, Serpa e Piense.

Durante a semana assistiu-se a uma "troca de galhardetes" entre clubes e associação, tendo as palavras mais agressivas partido da presidente do Sport Clube Odemirense. Inês Correia veio a público pedir "a demissão" do presidente da associação. "Não sabe lidar com a situação e não tem condições para o cargo. Comporta-se como o Dono Disto Tudo", justificou.

Por seu turno o presidente da AFBeja, Pedro Xavier, "respondeu" aos clubes através de comunicados onde a direção "reiterou" a data do início da prova, 18 de outubro, reforçando num dos documentos que "será a direção da AFBeja a agendar datas sempre que as mesmas se revelem oportunas", fechando a porta a qualquer possibilidade de diálogo

Outras Notícias