Futebol

Diretor-geral do F. C. Arouca diz que situação no estádio municipal é "lamentável"

Diretor-geral do F. C. Arouca diz que situação no estádio municipal é "lamentável"

O diretor-geral do F. C. Arouca, Joel Pinho, considerou "lamentável" o episódio em torno do estádio municipal, que está a criar um diferendo entre o clube e a Câmara Municipal local.

O F. C. Arouca e a autarquia local não se entenderam sobre a utilização do parque de estacionamento do estádio municipal na Feira das Colheitas, uma das mais emblemáticas festas do concelho, levando o clube, ontem, a fechar com cadeado os portões do estádio e obrigando a Câmara a chamar a GNR para desbloquear a situação.

"Nunca nos passou pela cabeça chegarmos a este tipo de situações. É lamentável a atitude que a Câmara teve. Depois, fomos obrigados a dar essa resposta. Em vez de remarmos todos para o mesmo lado, há pessoas que têm outra forma de estar na vida", disse o Joel Pinho, diretor-geral do clube, à margem de World Scouting Congress, que se realiza no Porto.

PUB

O dirigente foi adiantando que o comunicado emitido pelo clube, na quarta-feira, "explica bem" o que se passou, e ainda acredita numa solução para o diferendo existente.

"A solução só não existe se uma das partes não quiser. O F. C. Arouca quer sempre fazer parte da solução, dignificar o concelho e região e continuar a trabalhar da mesma forma que tem vindo a trabalhar. Temos de esperar que as pessoas que estão na autarquia tenham essa sensibilidade e percebam a importância do trabalho cívico de promoção da terra que fazemos", concluiu o diretor-geral.

Já o treinador da equipa, Armando Evangelista, que também participou no World Scouting Congress, não se quis alongar sobre a situação, mas garantiu que o incidente "não alterou o trabalho da equipa".

"Prefiro concentrar-me em questões desportivas e deixar as questões políticas para quem está mais habilitado e informado. A parte política não é um tema que me seduza. O nosso trabalho de ontem foi o normal e não foi preciso alterar nada em função do que aconteceu", disse o treinador.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG