Futsal

Dois árbitros agredidos por pai de atleta na Senhora da Hora

Dois árbitros agredidos por pai de atleta na Senhora da Hora

Dois jovens árbitros, de 17 e 21 anos, foram agredidos pelo pai de um jogador, no domingo à tarde, durante uma partida de futsal, no Pavilhão Municipal da Senhora da Hora, Matosinhos.

As agressões ocorreram durante um jogo entre o Grupo Desportivo Cultural e Recreativo Água Viva (Senhora da Hora) e o Atlético Desportivo Polenenses (Custóias), do campeonato distrital de iniciados da Associação de Futebol do Porto.

O árbitro do confronto, Rúben Ferreira, de 17 anos, e o segundo árbitro, Sérgio Ferreira, de 21, foram agredidos depois de o primeiro ter expulsado um jogador da equipa da casa. O pai do atleta, que assistia ao jogo da bancada, saltou a vedação e entrou no recinto, agredindo os dois jovens, descreveu ao JN um árbitro da Academia de Arbitragem Albino Nogueira, à qual pertencem Rúben e Sérgio.

PUB

Uma das vítimas ficou com lesões no tímpano. Ambas foram transportadas de ambulância para o Hospital Pedro Hispano e, "por falta de especialista", reencaminhadas para o Hospital de S. João, de onde já tiveram alta.

A PSP acorreu ao local da ocorrência.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG