Exclusivo

Dragão a deitar fogo e Sérgio Conceição entre a elite

Dragão a deitar fogo e Sérgio Conceição entre a elite

Pela segunda vez sob o comando do atual treinador, os portistas marcaram 48 golos nas primeiras 18 jornadas da Liga. Registo só é superado na era Pinto da Costa por Artur Jorge, em 1984/85

O apetite goleador da versão 2021/22 da equipa portista está ao nível dos melhores de sempre no clube da Invicta. Ao fim de 18 jornadas do campeonato, os dragões somam 48 golos marcados, um registo apenas superado, à tangente, na época de 1984/85 (49 golos em igual número de jogos), quando o treinador era Artur Jorge, se contabilizadas todas as temporadas da era Pinto da Costa.

Com Sérgio Conceição no banco, esta é a segunda vez que o F. C. Porto atinge os 48 golos em 18 jogos (já aconteceu no ano de estreia do técnico ao leme do Dragão, em 2018/19), algo que também foi conseguido por Tomislav Ivic, em 1987/88, e Bobby Robson, em 1995/96. Como dado estatístico, diga-se que, em todas estas épocas, os portistas sagraram-se campeões nacionais, um objetivo que a equipa de Conceição também persegue na temporada em curso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG