F. C. Porto - Feirense

Dragões em alta rumo aos primeiros oitavos da época

Dragões em alta rumo aos primeiros oitavos da época

Equipa portista está na quinta eliminatória, após goleada com direito a festa da família Conceição. A meio da semana, pode repetir o feito... na Champions

Foram cinco, mas podiam ter sido muitos mais, tal o domínio e a quantidade de oportunidades criadas por um dragão com pressa de resolver e garantir um lugar na próxima eliminatória da segunda competição mais importante a nível nacional. A equipa de Santa Maria da Feira, segunda classificada da Liga2, pouco ou nada conseguiu fazer para contrariar os portistas que, já na quarta-feira, têm a oportunidade de repetir o feito, mas desta vez no grande palco europeu. Uribe, e Otávio, por duas vezes, abriram caminho à goleada que assinalou, também, a estreia a marcar de Francisco Conceição que, finalmente, deu o "tal" abraço, cheio de sentimento, ao pai, depois de um penálti bem convertido.

Sérgio Conceição garantira, na antevisão, que o duelo com o Feirense tinha sido preparado com a mesma atenção dos jogos com Atlético de Madrid e Milan e, apesar de ter poupado alguns titulares - uns por lesão, outros por opção -, isso ficou bem visível desde o primeiro apito do árbitro. Já depois de Francisco Conceição e Evanilson, por duas vezes, terem deixado sérios avisos à baliza fogaceira, Uribe abriu caminho ao triunfo (15m) com um cabeceamento potente, após livre de Vitinha. O dragão não tirou o pé do acelerador, Evanilson continuou a desperdiçar, mas o intervalo não chegaria sem um "bis" de Otávio (39 e 45m), que teria, também, a má notícia da noite, por causa da lesão sofrida já na segunda parte.

"Chico" e as lágrimas de mãe
Evanilson assinou o quarto (56m) depois de uma assistência inadvertida do central forasteiro Onyemaechi, mas o Feirense não sairia da Invicta sem um golo de honra, após um remate incrível de Vargas, após erro de Vitinha.

A noite não fecharia sem um momento muito especial. João Pinto cometeu penálti sobre Taremi e coube a Francisco Conceição converter o castigo máximo, celebrado com um abraço emocionado ao pai e treinador. Na bancada, a mãe não conteve as lágrimas e o Dragão festejou bem alto com os gritos "Chico, Chico, Chico". Agora, a missão é bem mais difícil, mas com o mesmo objetivo. O F. C. Porto joga, quarta-feira, em Liverpool e uma vitória, aliada a uma derrota do Atlético com o Milan, vale os oitavos da Champions.

Veja o resumo do jogo:

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG