Futebol

Dragões saem de Madrid com um ponto que sabe a pouco

Dragões saem de Madrid com um ponto que sabe a pouco

O F. C. Porto empatou a zero com Atlético de Madrid, esta quarta-feira à noite, no Estádio Wanda Metropolitano, na abertura do Grupo B da Liga dos Campeões. Dragões viram ser anulado um golo a Taremi a 10 minutos do fim.

Diego Simeone apresentou de início um "onze" com o internacional português João Félix a fazer companhia ao uruguaio Luis Suárez no ataque e também com o ex-portista Felipe. Nos dragões, a aposta de Sérgio Conceição recaiu na dupla Taremi/Toni Martínez na frente.

Apesar do cumprimento amistoso entre os treinadores antes da partida, mal o árbitro apitou para o início as duas equipas mostraram que não estavam no Wanda Metropolitano para brincar.

O primeiro sinal mais pertenceu aos colchoneros, aos 6 minutos, com Suárez a rematar de fora da área e a obrigar Diogo Costa a esticar-se para desviar a bola da baliza. Os azuis e brancos responderam logo no lance seguinte, com Corona a cruzar para a área e Taremi descaído para a esquerda a atirar ao lado.

A formação portista mostrava-se mais confiante, mas não conseguia chegar com perigo à área espanhola e aos 28 minutos, Luis Díaz teve uma boa iniciativa ofensiva. O colombiano recebeu a bola a meio-campo, correu para a área e serviu na profundidade Zaidu, mas o lateral esquerdo falhou o remate e a defesa da casa aliviou a pressão.

Por seu lado, os colchoneros tentaram ameaçar de bola parada, mas sem grande sucesso e o técnico acabou por mexer na equipa ainda antes da pausa para dar mais intensidade ao jogo.

PUB

Pouco depois do recomeço, Otávio cruzou largo para a área e a bola bateu no poste esquerdo, com Taremi a não chegar de cabeça e Toni Martínez a ver Oblak a defender, naquela que foi a melhor situação do encontro até ao momento, um lance que deixou Sérgio Conceição de cabelos em pé.

Numa tripla substituição efetuada por Simeone, Félix deu a vez a Griezmann, aos 56 minutos, e o ataque dos madrilenos ganhou um pouco mais fulgor, mas os dragões, já sem Pepe em jogo, não se desorganizaram na defesa.

Aos 68 minutos, a defesa da noite de Diogo Costa. Correa entra na área, remata cruzado, com o guardião portista a desviar para canto já com Griezmann pronto para o desvio.

Aos 80 minutos, Taremi aproveitou um mau atraso para Oblak e marcou golo, mas o árbitro anulou o lance por mão do avançado portista na bola. Uma decisão polémica do VAR.

Já nos últimos instantes dos descontos, Mbemba foi expulso por falta sobre Griezmann, que se ia a isolar. No livre Luis Suárez fez a bola rasar a barra.

Com este empate, os dragões estão no segundo lugar do Grupo B, com um ponto, tantos como os colchoneros, a dois do líder Liverpool que venceu, em casa, os italianos do AC Milan, por 3-2.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG