Futebol

Dragões sobre arbitragem : "Quando o F. C. Porto ficou com dez, o Benfica já devia estar só com nove"

Dragões sobre arbitragem : "Quando o F. C. Porto ficou com dez, o Benfica já devia estar só com nove"

O F. C. Porto deixou, este sábado, críticas à arbitragem do jogo com o Benfica no Dragão, salientando que Pizzi e Nuno Tavares deveriam ter sido expulsos.

"O F. C. Porto perdeu ontem [sexta-feira] dois pontos frente ao Benfica, num jogo em que esteve os últimos 25 minutos em inferioridade numérica e em que mesmo assim foi a equipa que conseguiu causar mais perigo nesse período. Taremi ficou associado a dois dos momentos mais significativos do encontro: aos 22 minutos, marcou o golo dos campeões nacionais; aos 73, foi penalizado com um vermelho direto", começou por referir o clube azul e branco na newsletter "Dragões Diário", para depois deixar críticas à arbitragem.

"O jogo foi 'difícil' para o F. C. Porto, o Benfica e os árbitros, comentou no final Sérgio Conceição, e a verdade é que o desfecho foi muito condicionado pelo desacerto disciplinar da equipa de arbitragem. Quando o F. C. Porto ficou a jogar com dez, o Benfica já deveria estar só com nove em campo: Pizzi e Nuno Tavares conseguiram escapar a vários cartões amarelos que lhes valeriam expulsão por acumulação, mas só viram um cada um", concluíram.

F. C. Porto e Benfica empataram (1-1), esta sexta-feira, no Estádio do Dragão para a Liga. Grimaldo e Taremi marcaram os golos no Dragão ainda na primeira parte e, à semelhança do clube azul e branco, também Pepe deixou críticas à arbitragem após o apito final, considerando "inaceitável" Pizzi não ter sido expulso.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG