Ciclismo

Egan Bernal tem vários traumatismos e vai ser operado

Egan Bernal tem vários traumatismos e vai ser operado

O colombiano Egan Bernal vai ser operado nas próximas horas, após ter sofrido vários traumatismos, nomeadamente cervical e toráxico, ao colidir com um autocarro enquanto treinava, informou, esta segunda-feira, a clínica onde o ciclista da INEOS está hospitalizado.

"A clínica Universidade de la Sabana informa que o paciente Egan Bernal deu entrada no serviço de urgências na manhã de hoje [...]. Foi avaliado de forma interdisciplinar pelos especialistas e, perante os resultados encontrados, terá de ser operado nas próximas horas por apresentar um politraumatismo", indicou a unidade hospitalar.

Em comunicado, a clínica detalha que o vencedor do Tour2019 e do Giro2021 tem "um traumatismo cervical e torácico, um traumatismo fechado no tórax, um traumatismo no músculo esquelético" e fraturas nos membros inferiores.

"Neste momento, apresenta estabilidade hemodinâmica", acrescenta a nota.

O colombiano, de 25 anos, colidiu, esta segunda.feira, com um autocarro enquanto treinava e foi transportado para a clínica Universidade de la Sabana, no município de Chia, nos arredores de Bogotá.

A polícia local, citada pela agência EFE, detalhou que o ciclista chocou contra o veículo quando este se deteve "bruscamente" para deixar sair um passageiro.

Segundo as autoridades, Bernal, "que circulava no mesmo sentido e na mesma via [do autocarro], não viu a manobra feita pelo veículo, chocando com a traseira do mesmo".

PUB

Após terem sido publicadas fotografias de Bernal deitado no chão, a ser assistido, a INEOS indicou que o corredor estava "estável".

"Bernal, que está num estágio perto da sua residência, foi conduzido ao hospital pelo pessoal médico da equipa e estava consciente quando aí chegou. Está estável e a ser observado", pode ler-se num comunicado publicado no sítio oficial da formação britânica, que promete atualizar "oportunamente" as informações sobre o estado do corredor.

Os órgãos de comunicação locais indicam que o acidente ocorreu ao norte de Cundinamarca, nos arredores de Bogotá, onde o vencedor do último Giro se encontra a estagiar com os companheiros da INEOS Richard Carapaz, Daniel Martínez, Jhonatan Narváez, Brandon Rivera, Andrey Amador, Ómar Fraile e Carlos Rodríguez.

Bernal, que este ano pretende ser um dos líderes da INEOS na Volta a França, tinha previsto iniciar a temporada na Volta à Provença, agendada entre 10 e 13 de fevereiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG