Itália

Em apenas um mês, Cissé saiu de uma equipa de refugiados para ser decisivo na Serie A

Em apenas um mês, Cissé saiu de uma equipa de refugiados para ser decisivo na Serie A

A Atalanta venceu, este domingo, o Bolonha com um golo de Moustapha Cissé, que ainda há um mês estava a disputar a oitava divisão italiana.

Moustapha Cissé pode ser um nome desconhecido para muitos mas não deve tardar até ser bem familiar no mundo do futebol. E, no domingo, o jovem atleta de 18 anos deu os primeiros passos para ter o nome nos holofotes. O avançado é natural da Guiné-Conacri e acabou por rumar até Itália à procura de uma vida melhor.

Começou a jogar no ASD Rinascita Refugees, uma equipa que milita na oitava divisão e é composta inteiramente por estrangeiros que procuraram asilo em Itália. E a experiência não podia ter corrido melhor: durante um jogo particular frente ao Lecce, da segunda divisão, Cissé chamou a atenção do Atalanta, que o contratou para a formação. O avançado começou a jogar pelos juniores, brilhou - até bisou na vitória por 3-1 sobre o Milan e marcou no triunfo diante do Nápoles - e acabou por ser chamado para a equipa principal pelo treinador Gian Piero Gasperini.

Cissé acabou mesmo por não desiludir e, este domingo, voltou a ser decisivo. Diante do Bolonha, entrou aos 65 minutos e, aos 82, marcou o golo que deu o triunfo da equipa de Bérgamo, que passou a ocupar o sexto lugar da Serie A.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG