seleção

Equipa das "quinas" procura relançar qualificação para o Euro2016

Equipa das "quinas" procura relançar qualificação para o Euro2016

A seleção portuguesa de futebol procura na terça-feira, depois de uma "revolução", relançar-se no Grupo I de qualificação para o Euro2016 frente à Dinamarca, em Copenhaga, uma cidade de má memória para a equipa das "quinas".

Depois da primeira derrota da sua história frente Albânia (1-0) no arranque da fase de apuramento, Portugal desloca-se na segunda jornada à capital dinamarquesa com a obrigação de alcançar um resultado que não complique aquele que parecia ser um agrupamento fácil para garantir um lugar na fase final do Europeu, que vai decorrer em França.

Em apenas pouco mais de um mês, muito por culpa do desaire com os albaneses na estreia, mas também devido à campanha no Mundial2014, a seleção portuguesa sofreu uma pesada remodelação que começou pela saída de Paulo Bento e com a entrada de Fernando Santos para o lugar de selecionador.

Logo na sua primeira convocatória, o novo líder da equipa portuguesa deixou de fora algumas das habituais figuras do seu antecessor, como por exemplo Miguel Veloso, Raul Meireles, Hélder Postiga e Hugo Almeida, e fez regressar "caras" que há muito não apareciam nos trabalhos da seleção.

Ricardo Carvalho e Tiago, mas também Danny, Ricardo Quaresma e os estreantes João Mário e José Fonte, apareceram como as primeiras figuras da "revolução" de Fernando Santos e, à partida, de numa nova "era" sob o comando daquele que é conhecido como o "engenheiro".

Na estreia, no último sábado, Portugal foi derrotado pela França por 2-1, com os golos gauleses a serem apontados por Benzema e Pogba e o tento luso a ter sido assinado pelo "suplente" Ricardo Quaresma, na conversão de uma grande penalidades.

Ainda sem saber se pode repetir a presença no banco, devido a um castigo de oito jogo imposto pela FIFA quando ainda era selecionador grego, Fernando Santos tem pela frente o difícil desafio de sair de Copenhaga com a vitória, algo que não sucede nas últimas três visitas da formação lusa.

PUB

O máximo que Portugal conseguiu foi um empate a um golo em 2009, em plena fase de apuramento para o Mundial2010, enquanto em 2011, no caminho para o Euro2012, e 2006, num particular sofreu derrotas, por 2-1 e 4-2, respetivamente.

O último triunfo de Portugal na capital dinamarquesa aconteceu mesmo há quase 40 anos, em 1977, por 4-2.

Mesmo assim, o balanço com a Dinamarca é positivo para as cores portuguesas nos 14 jogos disputados, com nove vitórias, a última na fase final do Euro2012, dois empates e três derrotas.

O encontro frente à formação dinamarquesa, que lidera o agrupamento com os mesmos quatro pontos da Albânia, depois do empate 1-1 entre as duas equipas, está agendado para as 19.45 horas e vai ser arbitrado pelo alemão Felix Brych.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG