Ciclismo

Equipa RadioShack e antigo diretor de Armstrong quebram ligação

Equipa RadioShack e antigo diretor de Armstrong quebram ligação

A equipa RadioShack e o seu diretor geral, o belga Johan Bruyneel, diretor desportivo da US Postal e da Discovery Channel nas sete vitórias de Lance Armstrong na Volta a França em bicicleta, terminaram a sua colaboração hoje, anunciou a equipa em comunicado.

"É evidente para ambas as partes que, após a publicação pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) de um certo número de testemunhos", que denunciam a prática de doping na equipa durante o período das vitórias de Armstrong (1999 a 2005), "Johan Bruyneel não está em condições de exercer de foram plenamente eficaz e confortável as suas funções", indica o comunicado da equipa pela qual correm os portugueses Tiago Machado e Nelson Oliveira e na qual José Azevedo é um dos diretores desportivos.

A RadioShack, sediada no Luxemburgo e que tem como principais figuras os irmãos Andy e Franck Schleck, acrescenta que "a sua partida era desejável de forma a garantir a serenidade da equipa dos corredores".

Johan Bruyneel é largamente citado pela USADA no relatório de 202 páginas divulgado na quarta-feira e que sustenta a decisão de irradiar da competição o corredor texano por prática de doping. De acordo com o organismo, o belga é uma das peças centrais no alegado sistema em torno de Armstrong que a USADA qualifica como "o programa de doping mais sofisticado da história do desporto".

No comunicado, a equipa luxemburguesa sublinha que o processo disciplinar aberto pela USADA "não contempla qualquer das atividades de Johan Bruyneel no seio da RadioShack e que Johan Bruyneel contesta a validade do processo, bem como o fundamento das acusações que lhe são feitas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG