Autobilismo

Equipas do fundo do pelotão da Fórmula 1 receberam pagamentos antecipados

Equipas do fundo do pelotão da Fórmula 1 receberam pagamentos antecipados

Os promotores do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 já adiantaram pagamentos a algumas das equipas do fundo do pelotão para poderem fazer face à crise provocada pelo covid-19.

O grupo Liberty Media, detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, adiantou o pagamento de alguns prémios "para manter o ecossistema e assegurar que as equipas mantêm a solvência", anunciou hoje o presidente da empresa, Greg Maffei.

"Adiantámos algum dinheiro a algumas equipas. Há casos em que talvez tenhamos de tomar mais algumas medidas para ajudar. Queremos garantir que as equipas mantêm a solvência, pois precisamos delas em 2020, 2021, 2022", frisou o patrão da Liberty Media, sem especificar quais as equipas ajudadas.

O mesmo responsável lembrou que há equipas que dependem quase por inteiro dos lucros gerados pela competição. No entanto, corridas sem público são más para o negócio. "Andamos a ver as opções. Corridas sem espetadores geram menos lucros", apontou.

O Mundial de Fórmula 1 deveria ter começado na Austrália, no passado dia 15 de março, mas viu já nove corridas adiadas ou canceladas devido à pandemia do covid-19.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG