Volta a Portugal

Espanhol Lazkano vence em Viseu após fuga ousada

Espanhol Lazkano vence em Viseu após fuga ousada

Jovem espanhol da Caja Rural protagonizou, a solo, uma ousada escapada, a 40 quilómetros da meta em Viseu, que lhe valeu os louros do dia gorando a previsão de um sprint final. Dragão Amaro Antunes manteve a camisola amarela

Desfecho imprevisível no final da etapa desta quarta-feira, em Viseu, com o jovem espanhol Oier Lazkano (Caja Rural) a contrariar as previsões de uma chegada ao sprint, finalizando, com mestria, e a solo, uma fuga para a vitória, protagonizada a mais de 40 quilómetros do risco de meta, que baralhou toda a concorrência.

Isto porque a ousadia do basco, de 20 anos, que logrou a primeira vitória da carreira como sénior, não teve resposta à altura do pelotão, que chegou 15 segundos depois, integrando os principais protagonistas da corrida, nomeadamente o camisola amarela Amaro Antunes, que mantêm liderança, com 13 de segundos da vantagem para Frederico Figueiredo (Atum General/Tavira), que é o mais próximo perseguidor.

Depois do desgaste infligido pela subida, da véspera, à Senhora da Graça, pensava-se que esta tirada teria um ritmo mais ao jeito da recuperação, mas, desde cedo, foi imposto um andamento forte, com várias tentativas de fuga a serem desenhadas, mas quase todas sem sucesso.

A exceção foi mesmo a aventura de Oier Lazkano que integrando, inicialmente, uma dessas escapadas, percebeu que o entendimento num grupo de sete elementos não estava a ser o melhor, a aventurou-se a solo quando faltavam mais de 40 quilómetros para a chegada, chegando a cavar uma vantagem de mais de três minutos para o pelotão.

As equipas com principais ambições na classificação demoraram a reagir, não vendo perigo na ousadia de Lazkano, deixando o trabalho para outros conjuntos colocarem os seus sprinters em posição de vitória. Mas, a resposta chegou tarde, pois quando o espanhol entrou na longa avenida da Europa já tinha a perceção que triunfo não lhe escaparia.

No sprint subsequente pela honra, Daniel Mclay (Arkea Samsic) cruzou a meta no segundo lugar, e o venezuelano Leangel Linarez (Miranda/Mortágua) fechou o pódio do dia.

Hoje, chega o grande dia da Volta a Portugal, com a mítica subida até à Torre, no topo da Serra da Estrela, num trajeto de 148 quilómetros com partida na Guarda, onde os principais favoritos terão de mostrar estofo para ostentar o estatuto.

Além de duelo entre Amaro Antunes e Frederico Figueiredo, continuam no top 10 Gustavo Veloso, João Benta, Joni Brandão, João Rodrigues ou Vicente De Mateos.

Outras Notícias