Conteúdo PatrocinadoCompetição

O que é um shakedown? E uma powerstage? Um glossário para o Rally de Portugal

O que é um shakedown? E uma powerstage? Um glossário para o Rally de Portugal
Produzido por:

O Rally de Portugal está à porta e com ele termos como shakedown ou powerstage vão estar na ordem do dia. Mas, para quem não segue o automobilismo a par e passo, é fácil ficar confuso com estas palavras. Criamos um pequeno glossário para o ajudar a acompanhar com maior facilidade a prova.

Shakedown - Habitualmente, os ralis começam com uma ou duas shakedowns, que são na verdade um treino oficial. É na shakedown que os pilotos e mecânicos testam os últimos pormenores de afinação dos carros.

Special Stage (SS) - Este é o tipo de etapa mais comum na estrutura de um rali. É um troço de competição que vai entre os dois quilómetros até cerca de 50 quilómetros. Os pilotos saem um a um para a competição, com intervalos cronometrados, para evitar que se encontrem durante a prova. O piloto que percorrer a distância em menos tempo ganha a SS.

Super Special Stage (SSS) - A SSS ou superespecial, em português, refere-se a um troço mais curto de prova, habitualmente realizado num circuito preparado especialmente para a etapa, como a que vai decorrer quinta-feira ao final da tarde, em Lousada. Neste tipo de troço, é normal que dois carros partam em simultâneo em pistas paralelas, tornando o espetáculo mais apetecível para o público.

Powerstage - A powerstage foi introduzida nas provas do WRC em 2011, como bónus adicional na última etapa de cada rali. Os cinco pilotos mais rápidos recebem pontos adicionais no campeonato, mesmo que terminem a prova fora dos lugares pontuáveis para o Mundial.

Rally 2 - As regras Rally 2 dão a possibilidade a um piloto que teve uma avaria ou um acidente que o impediu de continuar em prova, de voltar a entrar na competição no dia seguinte, lutando por pontos no mundial. No entanto, o atleta recebe uma penalização de sete minutos por cada etapa a que faltou.

Parc fermé - Área em que qualquer operação, verificação, alteração ou reparação não é permitida sem autorização de elementos da FIA (Federação Internacional do Automóvel). Habitualmente, os carros entram em "parc fermé" (parque fechado) antes e depois das provas, para garantir que não são feitas alterações técnicas ou reparações fora do ambientes permitido, na zona de mecânico. Entre as provas, os carros podem entrar em situação de parc fermé, em que ninguém pode mexer no carro, mesmo que estes não estejam no recinto destinado para tal.

ver mais vídeos