Premium

Carlos Carvalhal: "Não quero ser padrinho de ninguém"

Carlos Carvalhal: "Não quero ser padrinho de ninguém"

Foi o treinador da moda na Premier League e está de volta ao futebol português. Carlos Carvalhal seguiu a intuição e, uma década depois, volta aos comandos de uma equipa da Liga, o Rio Ave. Em Vila do Conde, o técnico tem o desafio de montar uma equipa nova e manter a imagem de marca, de futebol positivo, à procura da vitória seja contra quem for.

Tem andado menos de bicicleta.
[Sorriso] Agora só ando ao domingo de manhã, mas quando tiver mais tempo vou voltar a andar. É o meu hobby preferido.

Já tinha saudades desta rotina e do cheiro da relva?
Sim, porque continuo a ter prazer no treino. Mesmo se não fosse a minha profissão, iria treinar alguma equipa porque é algo que me dá prazer. É uma satisfação voltar a treinar e, porque não dizê-lo, estar de novo perto da família.