O Jogo ao Vivo

Teste de produto

A boa surpresa de uma sequela

A boa surpresa de uma sequela

Há casos em que a sequela é mais do mesmo. E há casos em que parece ter pouco a ver com o que a antecedeu. Este é o caso das Saucony Ride ISO 2, irmãs mais novas das Ride ISO de 2018 lançadas para o outono 2019 e seguramente melhor conseguidas.

Corremos várias dezenas de quilómetros com elas, em ambientes variados, da gravilha à estrada pura, da chuva ao sol abrasador, do plano à descida abrupta e facilitadora de lesões de impacto. Portaram-se lindamente, sobretudo graças ao amortecimento aumentado em relação ao modelo anterior. E ao redesenho da parte superior.

Enquanto a malha anterior, arejada mas pouco firme, nos valeu uma ou duas dores de tornozelo, a nova, mais fina e - também importa dizê-lo - mais bonita mantém o pé bem ajustado, com suportes internos que aumentam a estabilidade, impedindo o pé de dançar dentro da sapatilha, e com o calcanhar mais firme. A parte frontal é reforçada em relação ao modelo anterior.

Quanto à sola, sofreu um aumento das espumas desenvolvidas pela marca, quer na parte superior (Everun), quer no miolo (Pwrfoam, mais 1 mm), o que torna o sapato mais suave, sem alterar o drop (diferença entre calcanhar e dedos) de 8 mm, nem a altura da sola (27 mm - 19 mm). E a corrida em descida prolongada (11 km sem planos) provou isso com toda a glória. Onze quilómetros são por aí 11 mil passos, que se saldaram sem dores articulares. A base da sola foi alterada, perdendo 1 mm para compensar o aumento de espuma, substituindo a borracha mais dura das Ride ISO por borracha cristalizada. Além de conferir mais suavidade à passada, elimina aquela coisa aflitiva do som dela. E, diz a marca, dura mais.

Pesam 278 gramas no modelo masculino, 249 no feminino, contra os 275 e 241 das ISO 1. Uma diferença que se afigura insignificante, dado serem ambos os modelos ligeiramente mais pesadas do que muita concorrência. A segurança que se tira da sapatilha e a sensação de que calçamos uma meia com sola acaba por diminuir os contratempos do peso.

Em suma: uma boa surpresa, cujo preço recomendado é de 140 euros.

Nota: O produto foi-nos facultado pela marca.