Património Nacional

João Coelho: Realizar o sonho antes de sair em grande estilo

Foto Fábio Poço/global Imagens

João Coelho terminou a carreira após conquistar título nacional ao serviço do clube do coração, o Benfica.

O destino indicou-lhe o voleibol como o caminho a seguir e João Coelho trilhou-o com grande classe. Conquistou títulos pelo Castêlo da Maia, fez história nos açorianos do Fonte do Bastardo e realizou o sonho de criança ao sagrar-se campeão nacional pelo clube do coração, o Benfica. Após brilhar nas águias, terminou precocemente, mas em grande estilo, a carreira, aos 32 anos, para ser treinador, tendo-se recentemente transferido para o Fonte do Bastardo.

"Em criança, também jogava andebol. No entanto, o Colégio dos Carvalhos acabou com a modalidade e passei só a jogar voleibol. Depois, comecei a integrar as seleções jovens e dediquei-me exclusivamente à modalidade pela qual sou apaixonado", explica João Coelho, "orgulhoso" pela carreira que realizou. "Acaba por ser brilhante, pois ganhei os principais títulos nacionais várias vezes. Com apenas 20 anos, integrei a equipa do Castêlo da Maia, numa equipa com grandes nomes do voleibol nacional, e ganhámos dois campeonatos. Depois, ajudei o Fonte do Bastardo a ganhar o primeiro título e concretizei o sonho de ser campeão pelo Benfica. Foi fantástico", recorda João Coelho. "Optei por sair pela porta grande. Poderia ter continuado a jogar, mas já não era igual", justifica o ex-voleibolista e atual treinador.

"Só é possível ser profissional de voleibol devido a uma grande dose de maluqueira e pouco amor-próprio, mas o treino e o alto rendimento sempre me fascinaram", explica João Coelho, recordando, com grande emoção, a final da Taça de Portugal em que a instalação sonora do Pavilhão de Santo Tirso avariou. "Ouvir um pavilhão lotado a cantar o hino à capela foi arrepiante".

Bilhete PessoalNome: João António da Costa Leça CoelhoIdade: 37 anos (24-06-1981)Naturalidade: Vila Nova de GaiaClubes que representou: Fiães, Ac. São Mamede, V. Guimarães, Esmoriz, Castêlo da Maia, Fonte Bastardo e BenficaTítulos: Cinco campeonatos, três taças e quatro supertaças de Portugal