Ultramaratona

Jasmin Paris, a mulher que bateu o recorde da Spine Race

Jasmin Paris, a mulher que bateu o recorde da Spine Race

A britânica Jasmin Paris tornou-se a primeira mulher a vencer a ultramaratona de 439 quilómetros Spine Race, no Reino Unido. Bateu recordes e não deixou de fornecer leite à filha de 14 meses.

A atleta, veterinária de profissão, demorou 83 horas, 12 minutos e 23 segundos a terminar a prova, cortando a meta à frente do espanhol Eugeni Roselló, vencedor em 2013, retirando 12 horas ao anterior recorde da competição.

Iniciada em 2012, a Spine Race liga Edale a Kirk Yetholm, perto da fronteira da Inglaterra com a Escócia, e é considerada uma das mais duras corridas do mundo, com temperaturas negativas em várias fases e ausência de períodos oficiais de descanso.

Com 35 anos, a ultramaratonista, que foi mãe há 14 meses, parou ao longo da prova cerca de sete horas para descansar, entre o tempo que utilizou para comer, dormir e estar com o marido, que a encontrou em todos os pontos de paragem para poder levar o leite materno à filha de 14 meses.

Segundo explicou à BBC, as principais dificuldades da corrida prenderam-se com os grandes períodos a correr sem luz, além da "componente tática de quando parar para dormir", o que levou também a ter "alucinações" ao longo do percurso, além do frio e do desgaste físico.

Paris apresenta já vários recordes conquistados, incluindo em três corridas de montanha de 24 horas no Reino Unido, tendo vencido a Extreme Skyrunning World Series em 2016 e a British Fell Running em 2018.

ver mais vídeos