Premium

Maia Basket Clube: Crescer na vida e no desporto com a mira nos cestos

Maia Basket Clube: Crescer na vida e no desporto com a mira nos cestos

Maia Basket Clube tem atletas em todos os escalões de formação. Alberto Babo é a voz de referência.

É terça-feira e a família do Maia Basket Club está toda reunida. O ambiente parece calmo. Pelo menos até os mais novos saírem dos balneários. Na quadra, já de bola na mão, uns serpenteiam os cones, enquanto os restantes ouvem as instruções dos treinadores. Mas há uma presença que claramente se destaca. Aos 71 anos, Alberto Babo ainda por cá anda. Ex-jogador e ex-treinador do F. C. Porto, ganhou quase tudo o que havia para ganhar. Agora, no Maia Basket, volta a dedicar-se a uma das suas paixões: ensinar. "Fui convidado para este desafio pelo João Fidalgo. Era um treinador de alta competição, mas sempre me dediquei aos mais novos. Sempre tive apetência para ensinar e penso que podemos traçar um bom caminho todos juntos", disse.

Começou no basquetebol com 12 anos e nunca mais parou. Nos últimos nove, esteve em Angola, onde treinou os seniores do Petro Atlético e do Interclube. Uma realidade bem diferente da que vivemos em Portugal. "Às vezes, sinto que os miúdos não levam o desporto a sério. Arranjam muitas desculpas para faltarem ao treino. Quando estive em Angola, presenciei uma realidade diferente. Lá não há desculpas. Treinam muitas das vezes de barriga vazia e debaixo de temperaturas escaldantes. Sabem que se chegarem à primeira divisão, a vida deles e da família pode mudar", revelou.