Premium

Renascer com tradição e amor ao emblema

Renascer com tradição e amor ao emblema

Leça Futebol Clube conta com 17 equipas e 300 jovens nas camadas jovens. Objetivo é continuar a evoluir

Julho de 2015. Restam meia dúzia de bolas, uns quantos coletes e uma dezena de contactos telefónicos. Para muitos poderia ser o princípio do fim, mas para os responsáveis do Leça Futebol Clube foi apenas uma ação necessária para devolver a identidade ao clube. Longe vai esse passado recente, com apenas 50 jovens, e muita indecisão relativamente ao futuro. As vicissitudes deram força aos responsáveis leceiros e, agora, com mais de 300 jovens na formação, os tempos são de prosperidade e confiança. "A nossa formação estava entregue a uma entidade externa e tivemos de a resgatar. Sentimos que, aos poucos, a nossa identidade se estava a perder e não podíamos permitir. Claro que essa ação foi dura para nós porque perdemos muito material desportivo e vários atletas. Mesmo assim, fomos à luta. Não virámos a cara à luta e hoje estamos a colher os frutos do nosso esforço", começou por dizer Pedro Vieira, um dos responsáveis pela formação do Leça Futebol Clube.

Com todos os escalões completos - alguns deles desdobram-se em duas equipas - a juventude prospera no Estádio do Leça FC. É o sol da bonança depois da tempestade, a iluminar um clube que em tempos andou pelos palcos da primeira liga portuguesa. "Sentimos que todos os anos temos um aumento de jovens. Já estamos com 17 equipas em competição e mais 30 atletas que, devido à idade, não integram ainda a vertente competitiva. Neste momento, ultrapassamos os 300 atletas, dos quatro aos 18 anos", disse Srdjan Slagalo, ex-atleta do Leça que assumiu as funções de coordenador das camadas jovens em 1998.