Premium

Riba d'Ave : Ficar no topo com sangue novo nas veias

Riba d'Ave : Ficar no topo com sangue novo nas veias

Riba d'Ave contornou orçamento baixo com aposta nos jovens. Estratégia garantiu a permanência e o apuramento europeu

Na vila de Riba d'Ave, concelho de Famalicão, os festejos continuam bem vivos na memória. A equipa sénior garantiu, via campeonato nacional, e pela primeira vez em 47 anos de existência, o direito de participar numa competição europeia, numa temporada abrilhantada pela também histórica permanência na 1.ª Divisão, o principal objetivo da época, e pela terceira presença, segunda consecutiva, na final four da Taça de Portugal.

São sucessos desportivos que deixam o presidente Narciso Silva embevecido, mas que não irão desviar o clube das suas responsabilidades. "São resultados motivadores, pois queremos estar nos patamares principais. Mas sem nunca descurar a sustentabilidade financeira e a potencialização de jovens jogadores. O nosso projeto, até à data, é único. É um projeto que potencializa jovens promessas e que as transforma em verdadeiras afirmações", disse o dirigente, de 52 anos.