O Jogo ao Vivo

Premium

Uma causa assente em duas rodas

Uma causa assente em duas rodas

Sensibilização para a esclerose múltipla levou Filipe Gaivão a pedalar 2400 quilómetros

Foram 19 dias e 2400 quilómetros por uma causa. O ciclista amador Filipe Gaivão fez-se à estrada entre 10 e 29 de julho para alertar a sociedade para a esclerose múltipla, uma doença que considera silenciosa e sobre a qual há ainda pouca informação. De Bruxelas a Lisboa, o português de 57 anos considera que sai desta experiência mais rico pelas pessoas que encontrou. Cumprida a distância, pensa agora em descansar e abraçar o neto, que nasceu duas semanas antes desta aventura.

"As grandes dificuldades foram a distância e a solidão. São muitas horas em cima de uma bicicleta e sozinho", aponta o ciclista, recordando que pedalava durante sete a oito horas por dia. "Variou muito consoante o tipo de terreno e inclinação. Oito horas por dia em cima da bicicleta é muito difícil", destaca.