Premium

União Nogueirense: Fonte de talentos que se renova com várias conquistas

União Nogueirense: Fonte de talentos que se renova com várias conquistas

União Nogueirense assume-se como referência na formação. Quatro equipas subiram de divisão este ano

Ser craque da bola, jogar num grande clube e tornar-se reconhecido em todo o Mundo. São milhares os miúdos portugueses que têm esta frase bem estudada. Mas, do sonho à realidade, o caminho é longo. Em Nogueira da Maia, o União Nogueirense Futebol Clube (UNFC) esforça-se para ajudar a tornar ambições em realizações pessoais. Com Fernando Botelho como presidente, há cinco anos, e Sérgio Leite como coordenador do futebol, há oito, o emblema maiato tem crescido no número de atletas - já são mais de 300 - e nos resultados desportivos. "Conseguimos ter as equipas todas nas fases finais. Somos um clube de competição, não estamos aqui para entreter. Os miúdos sabem que no Nogueirense se ganha. Olham para nós como a referência do concelho", salientou Sérgio Leite.

Começar cedo requer superar obstáculos e enfrentar vários desafios, como, por exemplo, ficar longe da família. Algo que o Nogueirense tem bem pensado. "Desde que cá cheguei que me deram liberdade para poder fazer algumas alterações. Em conjunto com o presidente, alterámos tudo o que poderia ser amador. Temos uma residência para atletas estrangeiros e de outras zonas do país. Só assim poderemos competir com o nível de clubes com maior poder financeiro", afirmou Sérgio Leite.