Exclusivo

Premier League​​​​​​​ está mais portuguesa do que nunca

Premier League​​​​​​​ está mais portuguesa do que nunca

Olheiro e analista explicam que os clubes ingleses procuram nos jogadores lusos qualidade técnica e capacidade de adaptação.

O campeonato inglês é um dos mais entusiasmantes de ver. Para além das grandes equipas ou dos golos, são os jogadores que levam os adeptos aos estádios e, nesse aspeto, os portugueses estão em destaque. A Premier League nunca teve tantos futebolistas lusos em competição como na presente temporada e as últimas épocas têm sido de constante crescimento. Ao todo, são 25 portugueses a espalhar magia e há uma série de fatores que tornam este casamento quase perfeito. As características dos jogadores, a qualidade da Liga portuguesa e o acessível preço de mercado ajudam a explicar o elevado interesse inglês no futebolista português.

Para além de ter uma série de valências individuais, é importante que o jogador saiba aliar vários aspetos para ser um craque, como explica, ao JN, o analista dos norte-americanos San Diego Loyal, Rodrigo Carvalho: "O jogador português é competitivo por natureza, tem uma habilidade e inteligência dentro de campo acima da média do nível europeu. No entanto, só os que conseguem aliar o aspeto físico ao técnico é que jogam de forma regular". Entre vários nomes, o analista destacou Pedro Neto, João Palhinha e Matheus Nunes, como bons exemplos de futebolistas que, para além de se imporem a nível físico, também se destacam pela qualidade técnica. Curiosamente Matheus Nunes foi o português mais caro deste mercado, ao ser transferido do Sporting para Inglaterra por 45 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG