O Jogo ao Vivo

Teste de produto

Relógio GPS Suunto 7, a fusão de dois mundos

Relógio GPS Suunto 7, a fusão de dois mundos

Chegou-nos às mãos, ou ao pulso se formos precisos, o Suunto 7 que é uma verdadeira inovação dentro do mercado a que a marca se destina. É o primeiro relógio da Suunto que é um híbrido de um relógio GPS de monitorização desportiva com todas as funcionalidades de smartwatch com sistema operativo Google.

Ficha técnica

À primeira vista e antes de uma exploração intensiva do equipamento podemos destacar os seguintes dados:

Peso:70 gramas

Diâmetro ecrã: 50mm

Ecrã: AMOLED com resolução de 454*454 pixeis

Sensores: Acelarómetro, giroscópio, altímetro barométrico, sensor cardíaco no pulso, sensor luminosidade

PUB

Conectividade: Bluetooth, Wifi, NFC, USB

Navegação: GPS, Glonass e Galileo

Autonomia: até 12h (gps ativo), 24h (uso diário)

Armazenamento: 4,5 Gb de espaço útil para utilizador (total de 8Gb)

Sistema operativo: Wear OS (Google)

Suporte: iOS e Android

Primeiras impressões

Quem está habituado ao ecossistema da Suunto, vai estranhar um pouco no início. Depois da configuração inicial vemos várias funcionalidades típicas de um smartwatch com sistema operativo Google: calendário, Google play para descarregar aplicações, música, entre outros.

A grande diferença é que fica a sensação que sendo um relógio Suunto, a parte de monitorização física é quase uma "app" dentro do próprio relógio. Até quando se carrega no botão superior direito para escolher a atividade temos uma animação do logotipo da Suunto para reforçar que entramos no modo diferente do próprio relógio.

O ecrã é incrível. Quem usa este tipo de relógios com o foco na corrida, ciclismo, está habituado a ecrãs com pouca resolução e gama de cores. Não podemos dizer que é como se fosse um ecrã de alta resolução de um telefone, mas salta à vista de quem o usa. É daquelas comodidades a que facilmente nos habituamos e dificilmente nos queremos desprender quando voltamos ao relógio antigo. Claro que esta funcionalidade tem uma consequência na autonomia da bateria.

Passada esta barreira psicológica, damos conta de que o relógio possibilita a leitura de mais de 70 atividades que já vêm pré-instaladas de fábrica. Há desportos para todos os gostos, desde a corrida até ao golf.

Uma funcionalidade que é uma grande mais valia para quem gosta de se "perder pelo monte" para descobrir novos trilhos é que este relógio possibilita a leitura de mapas em modo offline. Ou seja, podemos descarregar o mapa para uma área com um raio de ação entre os 35 e os 50 quilómetros. E, assim, teremos sempre visível no relógio a área envolvente com a sobreposição do percurso no mapa.

A música também está presente no Suunto 7. Podemos utilizar o leitor embebido do próprio relógio, ou utilizar aplicações externas e descarregar listas de reprodução para as ouvir sem ter o telefone por perto.

Outra novidade bastante útil, nestes tempos que vivemos, é o sistema NFC. Basicamente podemos registar um cartão de crédito e por proximidade utilizar o Google Pay em terminais de pagamento automático (TPA).

Bateria, o calcanhar de Aquiles?

Ao contrário de outras marcas rivais, a Suunto tem como grande bandeira de destaque a longa autonomia da bateria com o GPS ativo. A média entre os ultramaratonistas tende claramente para utilizadores Suunto, e isso percebe-se bem. São precisos e mais depressa faltam as pernas ao atleta do que a bateria ao relógio.

O Suunto 7 não está de todo neste quadrante. Em dois dias seguidos de corrida, com um total de 1h45 de treinos, a bateria reduziu até aos 35%. Para o utilizador mais exigente na periodicidade e duração de treinos, isto pode ser um problema.

A quem se destina?

Tivemos oportunidade de dar um uso intensivo ao relógio, da corrida ao ciclismo, do treino em circuito ao trail, da navegação por mapa ao uso diário. Os dados e a precisão, comparativamente com outro modelo de marca concorrente, não dececionam, mesmo para as primeiras atividades, que geralmente são um período de otimização dos sensores. Foi preciso como um relógio suíço. Neste caso, finlandês.

Não há margem para dúvida, a nosso ver. O Suunto 7 é um modelo que se destina ao utilizador que tem uma prática de exercício físico moderada, mas que não descura todas as informações diárias e notificações possíveis. É um relógio que se insere perfeitamente no dia a dia e que está preparada para (quase) tudo o que der e vier quando é para ir à guerra.

Preço: 479€

Nota: O equipamento foi emprestado pela marca

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG