Óbito

Esposende decreta dia de luto municipal

Esposende decreta dia de luto municipal

A Câmara Municipal de Esposende vai decretar um dia de luto municipal por altura das cerimónias fúnebres do piloto português Paulo Gonçalves, que perdeu a vida na sétima etapa do Rali Dakar de todo-o-terreno, no passado domingo.

O despacho do presidente da autarquia, Benjamim Pereira, "já foi assinado", anunciou hoje o município, em comunicado.

Segundo o documento, será proposto um voto de pesar e decretado o luto municipal para o dia em que decorrerem as cerimónias fúnebres, que ainda não têm data devido à demora na libertação do corpo da Arábia Saudita.

"Esposende perdeu um grande Homem. Íntegro, solidário, generoso e, principalmente, sempre disponível para todos", sublinhou Benjamim Pereira, citado no mesmo comunicado.

O presidente do município de Esposende quer eternizar o nome de Paulo Gonçalves, "devido à postura exemplar que sempre o caracterizou, dignificando os valores do desporto que também nós preconizamos", frisou o autarca.

O município, "após articulação com a família de Paulo Gonçalves", informa que o cortejo fúnebre passará pelo centro de Esposende, antes de rumar a Gemeses, onde decorrerão as cerimónias fúnebres, em dia a anunciar.

A última homenagem do universo 'motard' decorrerá nesse trajeto, com as motos alinhadas na marginal de Esposende, antecedendo o minuto de silêncio que será cumprido na Praça do Município, antes de rumar a Gemeses.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG