Marítimo - Gil Vicente

Este galo gosta de jogar fora de casa

Este galo gosta de jogar fora de casa

Quarta vitória nos últimos cinco jogos como visitante. Salto de gigante e permanência à vista com golo de Samuel Lino.

O Gil Vicente venceu o Marítimo (1-0) e complicou as contas da permanência dos madeirenses, que voltaram a perder depois de três vitórias seguidas. Os minhotos, que confirmaram a tendência para ganhar fora de casa, tiveram mais posse de bola e raramente deixaram o Marítimo sair do meio-campo. Mesmo assim, os madeirenses foram os primeiros a testar os reflexos de Denis, com Alipour a rematar para uma defesa apertada.

Os gilistas tinham mais posse de bola, mas pouco perigo levavam à baliza de Amir. Aos 31 minutos, Vítor Carvalho assistiu Samuel Lino, que inaugurou o marcador com um remate cruzado que ainda embateu no poste. O juiz assinalou fora de jogo, mas validou o golo após consulta ao VAR.

Na segunda parte, Júlio Velazquez mexeu na equipa, mas foi o Gil que esteve mais perto do golo. Na sequência de um livre, Rúben Fernandes cabeceou por cima. Aos 68 minutos, novamente de bola parada, Pedrinho rematou para defesa segura de Amir.

Em desvantagem, o Marítimo acelerou na tentativa de chegar ao empate e, de vez em quando, ainda criou perigo. Só que não foi suficiente, muito por culpa do adversário, que raramente falhou no setor defensivo. O Gil Vicente regressou às vitórias e deu um grande salto na tabela, ultrapassando o Marítimo. Já os madeirenses seguem aflitos para as derradeiras três finais.

Veja o resumo:

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG