Premium

Euro2020 será o primeiro a decorrer em 12 países ao mesmo tempo

Euro2020 será o primeiro a decorrer em 12 países ao mesmo tempo

"Ideia maluca" de Platini vingou: o Euro do próximo ano vai ter uma dúzia de nações anfitriãs. O formato é inédito.

Saiu tudo da cabeça de Michel Platini em 2012, na altura em que o francês era presidente da UEFA - hoje já não dirige o organismo da União das Associações Europeias de Futebol, e está caído em desgraça, suspenso do futebol devido a suspeitas de corrupção noutro processo ligado ao Mundial de 2022, no Qatar -, e a ideia foi mesmo classificada como "uma coisa maluca".

Mas a ideia prevaleceu e vai cumprir-se: pela primeira vez em 60 anos, a fase final do próximo Campeonato Europeu de Futebol, a jogar no verão de 2020, vai realizar-se em 12 países diferentes e não apenas num só país anfitrião, como foi regra entre 1960 e 1996, ou em dois, como já foi o caso dos Europeus de 2000 (Bélgica e Holanda), 2008 (Áustria e Suíça) e 2012 (Polónia e Ucrânia).