Futebol

Ex-dragão Guarín detido por violência doméstica

Ex-dragão Guarín detido por violência doméstica

O médio colombiano Fredy Guarín, do Millonarios, que jogou no F. C. Porto e Inter de Milão, foi detido esta quinta-feira na sequência de um episódio de violência doméstica.

Segundo avança a imprensa local, o jogador, de 34 anos, foi preso em Medellín, na Colômbia, após uma denúncia às autoridades feita por parentes, que o acusam de agredir o pai e outros familiares.

Nos vídeos partilhados nas redes sociais, Guarín surge bastante alterado e ensanguentado, resistindo várias vezes à detenção.

A Polícia Metropolitana do Vale de Aburra confirmou a denúncia, avançando que quando chegou ao local "encontrou alguns ferimentos no interior de uma casa onde o filho protagonizava uma luta contra os pais".

"Infelizmente, teve um comportamento inconsistente e começou a agredir tanto verbal como fisicamente aos polícias e ao pessoal médico e enfermeiras. Tivemos de o restringir à força para que fosse assistido", acrescentou o comandante da polícia local.

PUB

E prosseguiu: "Queremos alertar os colombianos para o uso moderado e controlado das substâncias que podem gerar dependência".

O Millonarios, clube que representa, já reagiu à detenção do médio, expressando "tristeza pelo acontecido com Fredy Guarín". "À sua família, todo o nosso apoio. Estaremos ao seu lado para que receba a ajuda profissional que o possa tirar deste momento crítico", pode ler-se no comunicado publicado pelo clube.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG