Futebol

F. C. Porto à espera da DGS para ter público na apresentação

F. C. Porto à espera da DGS para ter público na apresentação

Dragões recebem o Lyon no sábado e ainda não sabem se estão autorizados a receber adeptos. No mesmo dia, haverá dez mil pessoas no Sporting-Braga da Supertaça, em Aveiro

No dia em que se ficou a saber que o Governo e a Direção-Geral da Saúde autorizaram Sporting e Braga a vender cinco mil bilhetes cada para a partida de atribuição da Supertaça Cândido de Oliveira, agendada para sábado à noite em Aveiro, continua a indefinição relativamente a outros jogos de futebol que acontecem praticamente à mesma hora.

Um desses jogos é o F. C. Porto-Lyon, um amigável que servirá de apresentação da equipa azul e branca aos adeptos, isto se os houver nas bancadas. Ao que o JN apurou, o clube da Invicta espera por instruções da DGS e ainda não sabe se poderá vender bilhetes para a partida, que terá início às 17.30 horas.

De acordo com o que foi possível apurar, ao contrário do que tem sido veiculado por alguns órgãos de comunicação social, o F. C. Porto não fez qualquer tipo de pressão nas últimas horas, em forma de exigência, para ter público no Dragão no sábado.

Nos últimos meses, o presidente portista, Pinto da Costa, voz ativa na luta pelo regresso do público aos estádios, tem criticado abertamente o Governo e a DGS pelas políticas seguidas relativamente ao desporto no âmbito da pandemia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG