II Liga

F. C. Porto B mantém-se na luta pela permanência ao afastar Feirense da Liga

F. C. Porto B mantém-se na luta pela permanência ao afastar Feirense da Liga

O F. C. Porto B afastou, este domingo, o Feirense da luta pela subida à I Liga, ao vencer em casa por 4-2, em jogo da 33.ª jornada do segundo escalão, mantendo a esperança na permanência.

No Estádio Municipal de Pedroso, em Vila Nova de Gaia, a equipa B dos dragões subiu ao 15.º lugar, fora da zona de despromoção, impossibilitando a formação de Santa Maria da Feira de chegar aos dois lugares de subida ou ao de play-off.

Com este desaire, o Feirense permanece no quarto lugar, com 58 pontos, menos quatro do que o Arouca, terceiro, e menos cinco do que o Vizela, enquanto a Académica, com três jogos por disputar, contabiliza 55.

O FC Porto B entrou a apostar tudo, tendo no onze sete jogadores da equipa principal dos dragões: Carraça, Sarr, Evanilson, Francisco Conceição, Diogo Costa, Fábio Vieira e Romário Baró.

E essas alterações acabaram por ser decisivas, permitindo aos azuis e brancos apresentarem-se mais fortes e organizados.

Aos 13 minutos, o Feirense criou a primeira oportunidade de perigo. Do lado esquerdo, Fábio Espinho tirou os defesas portistas da frente e rematou à baliza mas Diogo Costa negou o golo.

Depois disso, o F. C. Porto B dominou. Aos 18, após uma excelente combinação entre Saar e Francisco Conceição, a bola sobra para Fábio Vieira que, do lado direito, rematou cruzado para o primeiro golo.

PUB

Três minutos depois, e na sequência de uma falta sobre Danny Loader, o árbitro assinalou grande penalidade a favor dos 'azuis e brancos' e Evanilson não desperdiçou.

A partir dessa altura, com os níveis de confiança em alta, o F. C. Porto B passou a controlar o jogo para segurar o resultado, conseguindo impedir, na perfeição, que o adversário subisse no terreno.

Na segunda parte, o Feirense até entrou melhor. Aos 46, em posição frontal, o recém entrado Mica atirou a bola ao poste da baliza dos dragões.

Mas, na resposta, os portistas voltam a marcar. Desta feita por intermédio de Carraça, que, cobrou, de forma irrepreensível, um livre direto.

O Feirense acabaria por reduzir, aos 75, através de Platiny que, de cabeça, surpreendeu o guarda-redes dos 'dragões'. Mas o FC Porto B voltou a colocar a diferença em três golos, no minuto seguinte, novamente por Evanilson.

Já perto do fim, os visitantes voltaram a marcar, por Fabrício, mas não foi suficiente para manter a esperança de ainda subir ao escalão principal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG