O Jogo ao Vivo

Liga

F. C. Porto-Benfica: Um clássico longe do topo como há muito não se via

F. C. Porto-Benfica: Um clássico longe do topo como há muito não se via

F. C. Porto e Benfica jogam hoje no Dragão, a quatro pontos do líder Sporting. Há 19 anos que a distância dos rivais para o primeiro lugar não era tão grande.

Únicos campeões nacionais nos últimos 18 anos, F. C. Porto (11 títulos) e Benfica (sete) defrontam-se hoje (21 horas, SportTV1), no Estádio do Dragão, para a 14.ª jornada do campeonato, numa situação pouco comum, ao dividirem a segunda posição da classificação, a quatro pontos do líder, que é o Sporting.

Há 19 anos (2001/02) que os dois rivais não se defrontavam num contexto semelhante, ainda que, nessa altura, o clássico em causa tenha ocorrido já na segunda volta (22.ª jornada). O Sporting era líder com 46 pontos, seguido do Boavista, com 45. Benfica e F.C. Porto repartiam o terceiro lugar, com 39 pontos cada, a sete do primeiro. Os portistas, orientados por José Mourinho, receberam e venceram os encarnados, de Jesualdo Ferreira, por 3-2. Deco, Alenichev e Capucho marcaram pelos azuis e brancos, enquanto Simão e Mantorras faturaram pelas águias. Nessa ronda, a liderança mudou: Boavista à frente de Sporting (um ponto), F. C. Porto (a seis) e Benfica (a nove). Mas, no final, o campeão foi o Sporting (75 pontos), superando Boavista (70), F. C. Porto (68) e Benfica (63).

Seguiram-se 18 anos de domínio repartido entre F. C. Porto e Benfica. Houve ainda um clássico entre ambos (2018/19) e nenhum estava na frente, mas isso foi numa fase precoce da Liga (7.ª jornada). Liderava o Braga (16 pontos), seguido por F. C. Porto (15) e Benfica (14). A jogar em casa, os lisboetas, treinados por Rui Vitória, venceram por 1-0, golo de Seferovic, num dos poucos momentos em que Sérgio Conceição, a comandar a equipa portuense, saiu derrotado nestes duelos.

Se se analisar o rendimento dos dois rivais, após a 13.ª jornada, desde que a vitória vale três pontos nunca estiveram, como estão, a quatro pontos da liderança. Já a última vez que, volvidas 13 rondas, o líder não era nem F. C. Porto, nem Benfica, aconteceu em 2015/16. O Sporting era o primeiro, com 35 pontos, seguido de F. C. Porto, com 33 e de Benfica, com 28. Mas, no final, as águias sagraram-se campeãs (88 pontos), seguidas de leões (86) e dragões (73).

ECOS

Vídeos de manhã e treino à tarde

PUB

Sérgio Conceição dedicou a manhã de ontem a analisar vídeos, tendo partilhado as ideias principais com o grupo de trabalho. As bolas paradas são uma preocupação e tudo foi preparado ao pormenor para que não surjam surpresas no jogo desta noite. Sob intenso nevoeiro, o plantel trabalhou de manhã e efetuou outra sessão durante a tarde, de forma a afinar a variante tática. Mbaye (ginásio) e Marcano (treino condicionado) figuram no boletim clínico.

Veríssimo adiado para fevereiro

O apuramento do Santos para a final da Copa Libertadores, dia 30, no Maracanã, adia a formalização da transferência de Lucas Veríssimo, central desejado pelas´águias. Nos últimos dias, os responsáveis benfiquistas pressionaram os dirigentes brasileiros no sentido de antecipar o processo, mas a estratégia não surtiu, para já, efeito. E ainda ficou mais complicada já que a presença no jogo decisivo contra o Palmeiras atira o possível ingresso para fevereiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG